anúncio patrocinado
Notícias

Tenista da Recra salva Brasil na Copa Davis

Publicado em 06 de Fevereiro de 2018.

Jogando fora de casa, o tênis brasileiro tinha uma difícil missão: bater a República Dominicana para poder continuar sonhando com uma vaga na elite da Copa Davis, algo que não disputa desde 2015.

Representado por, João Pedro Sorgi, Thiago Monteiro, Thiago Wild, Marcelo Melo e Marcelo Demoliner, o confronto válido pelo Zonal Americano I só foi decidido na última partida. Coube a Sorgi, 365º do ranking, garantir a vitória do Brasil na série ao vencer Roberto Cid, 468º colocado, por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (8-10), 6/1 e 6/4 em 2h25 de jogo.

Convocado de última hora por conta das recusas de Rogério Silva e Thomaz Bellucci, João Pedro Sorgi, 24, que é natural de Sertãozinho e treina na Recreativa, calou a torcida de Santo Domingo.

Para João Bosco da Silva, um dos representantes do tênis amador da Recreativa, o resultado não surpreende. “Vejo o João fazendo a preparação física e técnica no clube e sempre acreditei no seu potencial. Muitas pessoas encararam a convocação com desconfiança por ser o número 365 do mundo, mas ele, apesar de ter apenas 24 anos, é muito guerreiro, trabalhador e disciplinado. Ele está em uma crescente e, com certeza, vai nos encher ainda mais de orgulho”, afirma ele.

O feito também foi comemorado pelo presidente da Recreativa, Aguinaldo Rodrigues da Silva. “Nós, da Recreativa, ficamos muito felizes com a conquista do Sorgi e, principalmente, por ter um atleta desse nível se preparando aqui. O clube continua sempre à disposição desse grande profissional.”

Com o resultado, o Brasil avançou para as semifinais onde enfrentará a Colômbia, que eliminou a equipe de Barbados sem maiores dificuldades. O duelo, que será novamente fora de casa, está marcado para os dias 6 e 7 de abril.

Em caso de mais uma vitória, a equipe brasileira disputará os playoffs para o Grupo Mundial entre os dias 14 e 16 de setembro.

Compartilhe: