anúncio patrocinado
Notícias

Atleta da Swimming Center Recra conquista duas medalhas de ouro nos Jogos Regionais do Idoso

Publicado em 28 de Fevereiro de 2018.

Assim como o tênis, a natação da Recreativa também foi bem representada na 22ª edição do JORI. A atleta Adélia Gomes, de 85 anos, mais conhecida como Déia, foi campeã dos 50 metros crawl e dos 50 metros costas.

Ela conta que a paixão pela natação vem desde criança, porém, voltou para as piscinas há pouco tempo. “Eu nado desde criança, mas parei por muitos anos. Eu recomecei aqui na Recra no em 2017 e desde então, já peguei 15 medalhas de ouro. E esse ano acho que já comecei bem, tenho mais duas para a coleção”, completou orgulhosa.

Sobre a preparação para os Jogos Regionais do Idoso, Adélia conta que foi pega de surpresa. “Foi de repente, eu não sabia direito o que era isso e o que eu ia fazer, mas me preparei bem, o treino aqui é excelente e eu tenho um treinador muito bom que é o Edson, devo muito a ele”.

Apesar do histórico, ela diz que não esperava ganhar. “Tinha muita gente participando, tem muita gente boa nadando, com a nossa idade é mais raro, mas mesmo assim, ainda tem muita gente boa. Eu não esperava vencer, mas fiquei muito contente.

Com os títulos, Déia conseguiu uma vaga para a fase estadual dos jogos. “Fui convidada para ir para Praia Grande disputar o estadual, vou continuar nadando e fazer o possível para ganhar por lá também. Estou muito animadinha”.

Para o treinador Edson Eduardo Pegrussi, as conquistas de Adélia não surpreendem. “É uma atleta muito dedicada, trabalho com ela há pouco tempo, mas sempre foi muito bem treinada pelos outros professores da Recra. O segredo de tudo é a dedicação demonstrada. Em quase todas as competições que participa, a Déia disputa os primeiros lugares, então já era esperado que ela pudesse nadar bem”.

Com um novo desafio pela frente, Edson conta que a preparação vai ser um pouco diferente. “Com certeza vou incrementar algumas coisinhas pela nossa experiência, mas a relação humana que existe entre a gente é a parte mais importante. O diferencial é a atenção que é dada para as pessoas da melhor idade. Eles merecem esse convívio e é muito gratificante cuidar deles”.

Compartilhe: